Mande sua Receita
Início > Blog > Termogênico da Pimenta - Capsiate

Termogênico da Pimenta - Capsiate

Quarta, 05 de dezembro de 2012 | Categoria : Emagrecimento
Termogênico da Pimenta - Capsiate

Introdução

Capsicum annuum é uma planta herbácea anual ou bianual, da família das solanáceas, caracterizada por apresentar altura entre 30 – 90 centímetros, folhas alternadas, delgadas com flores brancas solitárias  e pequenas, que terminam  originando o fruto de uns 10 centímetros de comprimento, cor variável, a princípio  verde e ao madurar vermelho. (Alonso, 2007).

 O fruto apresenta odor característico e sabor ligeiramente adocicado, possui em sua composição importantes capsinóides, como o Capsiate. O Capsiate é um análogo não pungente (sem ardência), que aumenta a termogênese e o consumo de energia corporal, promovendo o metabolismo energético e a diminuição do acúmulo de gordura corporal.

A palavra Capsicum deriva do latim capsa que significa cápsula em alusão ao formato do fruto. (Alonso, 2007). O Capsiate é um análogo não pungente de Capsaicina do  Capsicum annuum L  – CH-19 Sweet, que raramente contém Capsaicinoides pungente. 

Descrição

 O  Capsici Extrato Seco deverá apresentar no min. 40% de Capsinóides (Capsiate). E outros princípios ativos, como: Capsinóides: Capsiate, Dihidrocapsiate, nor-dihidrocapsiate, (Manninen);  Capsaicinóides, Pigmentos Carotenoídes;  Vitamina C e Proteína.

 

Propriedades

O Capsici Extrato Seco promove o gasto energético, oxidação dos carboidratos e gorduras, tratamento terapêutico da obesidade. 

 Estudos revelaram que a administração continua de Capsiate promove o gasto energético em camundongos, além disso, o Capsiate afeta a proteína desacopladora  (UCP) no tecido adiposo e músculo esquelético. Os resultados indicaram que o  consumo de oxigênio (ou seja, gasto energético) foi significativamente maior no grupo Capsiate que no grupo controle. A oxidação de carboidratos e gorduras foi significativamente maior no grupo Capsiate que no grupo controle. Conseqüentemente o peso médio dos ratos no grupo Capsiate foi significativamente menor do que dos ratos do grupo controle e a administração contínua de Capsiate supriram o acumulo de gordura abdominal

A administração continua de Capsiate aumenta o consumo de oxigênio, sugerindo que os ratos tratados com Capsiate queimaram muito mais calorias.  O Capsiate mostrou promover a secreção de epinefrina (adrenalina) em camundongos sugerindo a ativação do sistema nervoso simpático. 

Estudos

Estudo realizado do Capsiate sobre o comportamento alimentar e o consumo de energia mostrou que a adição de Capsiate no café da manha rico em carboidratos diminuiu significativamente o desejo de comer e a fome antes do almoço, diminuiu também a ingestão de proteína e gordura na hora do almoço (Yoshioka, 1999).

A administração diária (14 dias) de Capsiate reduziu a expressão do gene UPC3 e aumento do nível de fosfato no início e durante o período de estimulação no músculogastrocnêmico, o pH apresentou maior alcalose no grupo Capsiate sugerindo uma menor glicólise aeróbica e uma compensação maior na contribuição para a produção de ATP. Os dados indicaram a redução do teor de gordura corporal associada a um gene UPC3 (Faraut, 2009).